16.9.11

O OUTRO LADO DA HISTÓRIA

 
Olá amigos! Aqui é Fran!

Este é o meu primeiro post. Depois de alguns dias de muita emoção, consegui organizar minhas ideias e expor o que meu coração sentiu no momento do pedido. Vou contar como tudo aconteceu do meu ponto de vista.

Eu tinha tudo planejado. Sai da aula, passei no salão, cheguei em casa para me arrumar, pois tínhamos marcado um jantar à dois e depois iriamos em uma boate, a mesma em que nos beijamos pela primeira vez, depois passaríamos o final de semana juntos, tudo para comemorarmos nosso aniversário de 4 anos de namoro. Tinha até conseguido folga no meu trabalho, no restaurante Rudá gastronomia. Minha colega Tamirys me ajudou a ter o sábado de folga. Hehe!

Porém, de repente tudo mudou! Lá estava eu, em casa me arrumando, quando meu irmão me perguntou aonde eu estava indo, respondi que iria encontraria com o Bruno na frente do Royal Plaza Shopping que iriamos jantar juntos, e logo, pois eu estava faminta! Meu irmão me pediu uma carona até o shopping, falou que ia encontrar alguns amigos por lá. Respondi que sim, mas que não iria pagar estacionamento e ele disse que pagaria o estacionamento para guardar a mochila dele no carro por alguns minutos (Aliás, ele ainda não me pagou o estacionamento, hehe!). Quando chegamos no shopping eu não queria entrar, mas com o Bruno e o meu irmão insistindo e muito contra a minha vontade eu entrei. Chegando lá, a primeira pessoa que vi foi o nosso amigo Pedro, que imediatamente me levou ao hall do shopping e “delicadamente” me fez sentar (No vídeo dá para ver ele literalmente me forçando a sentar. Haha!).

Quando vi o Vinícius e o Fabio, a primeira coisa que imaginei foi que o Bruno iria me fazer alguma declaração, pois apesar de termos combinado de não nos darmos presentes no dia, ele nunca deixa passar em branco. Ele já fez história em quadrinhos, vídeo, música e agora um show, achei que seria mais uma dessas declarações que sempre me emocionam, mas em nenhum momento me passou pela cabeça que seria o pedido de casamento.

A apresentação foi linda, a música, a coreografia, tudo perfeito. Mas quando trocou a música e ele veio com o último bombom, minhas pernas tremeram, meu coração palpitou mais ainda, não conseguia fazer outra coisa a não ser tremer e chorar, um choro de felicidade é claro, pois a coisa que mais quero no mundo é “juntar as escovas” para o resto da minha vida com esse guri. Tenho certeza que ele será sempre assim, o guri dos meus sonhos. Meu príncipe encantado.

Uma das jornalistas me perguntou se eu faria algo do tipo para ele, eu respondi na hora, que não sou tão criativa quanto ele, mas que ele sabe que meu sentimento é verdadeiro, intenso e sincero, eu gostaria muito de poder demonstrar para ele através dessas manifestações, mas somos diferentes, e isso que nos torna mais próximos, eu demonstro de outras formas, mais singelas, mas com a mesma emoção. Sei que ele sabe o quanto eu o amo, e o quanto ele me faz feliz todos os dias.

Bruno meu amor! Obrigada por tudo, por existir na minha vida, sem você não sei mais viver!
Muito obrigada a todos que compartilharam conosco esse momento! Beijo!

“Um dia seus pés vão me levar
Onde as minhas mãos não podem chegar
ME LEVA ONDE VOCÊ FOR
Estarei muito só sem o seu amor
Agora é a hora de dizer
Que hoje eu TE AMO
Não vou negar
Que outra pessoa não servirá
TEM QUE SER VOCÊ
Sem por que, sem pra que
TEM QUE SER VOCÊ
Sem ser necessário entender!”
(trecho da música “Tem que ser você” de Victor e Leo)

OUTRAS SUGESTÕES PARA VOCÊ